Capa > Educação Física > Crescimento e desenvolvimento humano > Aspectos do desenvolvimento humano

Aspectos do desenvolvimento humano

Segundo Papalia, o estudo do desenvolvimento humano é complicado pelo fato de que a mudança e a estabilidade ocorrem em diversos aspectos da pessoa. Ao simplificar, os cientistas do desenvolvimento falam de modo distinto sobre desenvolvimento físico, desenvolvimento cognitivo e desenvolvimento psicossocial. Contudo, esses aspectos ou domínios do desenvolvimento estão interligados. Durante toda a vida, cada um deles influencia os outros.

aspectos-desenvolvimento-humano

Desenvolvimento físico

O crescimento do corpo e do cérebro, a melhora da saúde e das capacidades sensórias e motoras são parte do desenvolvimento físico e podem influenciar outros aspectos do desenvolvimento. Por exemplo, uma criança com frequentes infecções de ouvido pode desenvolver a linguagem mais lentamente do que uma criança sem esse problema. Durante a puberdade, as mudanças fisiológicas e hormonais dramáticas afetam o desenvolvimento do senso de identidade. Em alguns adultos mais velhos, mudanças físicas no cérebro podem levar à deterioração do intelecto e da personalidade.

Desenvolvimento cognitivo

A mudança e a estabilidade nas capacidades mentais, como aprendizagem memória, linguagem, pensamento, julgamento moral e criatividade constituem o desenvolvimento cognitivo. Elas estão intimamente relacionadas ao crescimento físico e emocional. A capacidade de falar depende do desenvolvimento físico da boca e do cérebro. Uma criança que tem dificuldade para se expressar com palavras pode provocar reações negativas nos outros, o que influencia sua popularidade e seu senso de valor próprio. Piaget classifica o desenvolvimento cognitivo em quatro períodos:

  1. Sensório-motor
  2. Pré-operacional
  3. Operacional-concreto
  4. Operacional-formal

Desenvolvimento psicossocial

A mudança e a estabilidade na personalidade e nos relacionamentos sociais constituem juntos o desenvolvimento psicossocial, o qual pode influenciar o funcionamento cognitivo e físico. Por exemplo, a ansiedade pode prejudicar o desempenho em uma prova. O apoio social pode ajudar as pessoas a lidar com os efeitos potencialmente negativos do estresse sobre a saúde. Inversamente, as capacidades física e cognitiva podem influenciar o desenvolvimento psicossocial. Elas contribuem muito para a auto-estima e podem afetar a aceitação social e a escolha profissional. Erik Erikson classificou o desenvolvimento psicossocial em oito estágios:

  1. Confiança vs Desconfiança
  2. Autonomia vs Vergonha
  3. Iniciativa vs Culpa
  4. Produtividade vs Inferioridade
  5. Identidade vs Confusão de papéis
  6. Intimidade vs Isolamento
  7. Generatividade vs Estagnação
  8. Integridade do ego vs Desespero

Para Papalia, embora examinemos separadamente o desenvolvimento físico, cognitivo e psicossocial, uma pessoa é mais do que um conjunto de partes isoladas, pois o desenvolvimento é um processo unificado.

Referências bibliográficas:

Papalia, Diane E.; Olds, Sally W.; Feldman, Ruth D. – Desenvolvimento humano; Porto Alegre : Artmed, 2006.

Moreira, Marco A. – Teorias de Aprendizagem, Editora EPU, 2ª edição, 2011.

RABELLO, E.T. e PASSOS, J. S. Erikson e a teoria psicossocial do desenvolvimento.

Voltar para o topo